A GAZETA DE ALGOL

"O morto do necrotério Guaron ressuscitou! Que medo!"

Ferramentas do usuário

Ferramentas do site


colunas:orakio:orakio_005

Coluna do Orakio

Alguém aí reparou que a Gazeta de Algol ficou quase um mês sem atualizações?

Se você, fã de Phantasy Star, já temia pelo pior, pode ficar tranqüilo: Tio Orakio voltou, e continua no maior gás para fazer o site. E trago algumas novidades para vocês.

Depois de muitos adiamentos, finalmente eu comprei meu PC. Sim, é o fim das longas noites atualizando o site no computador do meu trabalho, depois da hora. Agora, posso atualizar a Gazeta no conforto do meu lar. Os benefícios são muitos: poderei revisar os textos que digito, dar mais atenção à parte gráfica do site (planejo uma reformulação no visual para breve), me empenhar em projetos maiores e fazer tudo com muito mais calma e qualidade.

Além das mudanças gráficas, pretendo reformular a estrutura do site: quero tornar mais fácil a localização de certas matérias, já que volta e meia recebo e-mails (cheios de razão) perguntando onde está uma determinada reportagem. Ok, eu reconheço, está uma zona mesmo J Mas vou corrigir isso em breve. Quem quiser saber mais ou dar palpites sobre as futuras mudanças do site, pode discutir o assunto nesse tópico do Fórum de Algol.

Outra boa notícia é que parei de bancar o grande ditador e, mais do que nunca, estou aceitando contribuições externas. Isso já pode ser notado com a recente coluna de Rolf Bogard, “conversas dentro da Elsydeon”, e dando continuidade a esta tendência, agora estou trazendo também textos traduzidos por meu amigo do Fórum de Algol, Vovô Dorin. Agora, a Gazeta de Algol deixa de ser um “exército de um homem só” para se tornar um trabalho em equipe, muito mais organizado. Aproveito o espaço para agradecer a essa equipe, e a todos que de uma forma ou de outra contribuem para o sucesso do site.

Mas por quê o site ficou um mês parado? Bem, mês passado comecei minha faculdade (a quem interessar: letras português/inglês na UFRJ), e pra piorar entrei de férias no trabalho, ou seja, fiquei sem computador! Mas agora está tudo de volta ao normal. Quer dizer, quase tudo.

Serei direto: as atualizações, agora, ocorrerão sempre aos domingos, provavelmente à noite. Ao invés de jogar atualizações na net quase todos os dias, num ritmo alucinado, sem conferir nada, dessa vez vou reunir tudo durante a semana, conferir no domingão e subir. Assim teremos menos erros.

O que mais… Ah, sim, para aqueles que estavam com saudades das colunas do site, agora que estou com meu PC em casa posso voltar a trabalhar nelas! Aguardem, em breve (mesmo) teremos novas edições da toca do Myau, Previsão do tempo, Laboratório de clones e todas as outras – sim, todas, eu juro J

Bom, é isso aí, a Gazeta de Algol está de volta. Muito obrigado a todos os visitantes do site (uau, seis mil visitas!) e que a Grande Luz esteja com vocês.

Saudações Algolianas,

Orakio Rob, editor-chefe.

Rio, 20 de outubro de 2002

colunas/orakio/orakio_005.txt · Última modificação: 2009/01/13 11:58 (edição externa)

Ferramentas da página