Skip navigation

Semana Bizarra de Phantasy Star IV: Expresso Final e Curiosidades

Postado por em 19/05/2010

Dando continuidade à Semana Bizarra de Phantasy Star IV no Blog de Algol, nosso bizarro amigo Yoz, que fez a bizarra captura de sprites de Phantasy Star I, vai contar mais sobre as bizarras descobertas que fez em Phantasy Star IV. É bizarro. Com a palavra, Yoz, o ídolo da molecada algoliana.

— Orakio “O Gagá” Rob

Neste terceiro post irei aproveitar para esclarecer algumas coisas sobre a opção Block e as possibilidades que ele nos trás, falarei também sobre ALGUNS efeitos colaterais derivados do DeBug Menu, mais precisamente na opção Block, e o primeiro que apontarei é o Expresso Final, pois é com ele que iremos terminar o game em qualquer momento que desejarmos.

Primeiramente insira e ative o código FFEC9F:06 e vá para a universidade de Piata, mais precisamente no exato ponto onde Chaz começa o jogo.

Em seguida pressione Start e ative a opção DeBug Menu…:

001

Na tela do Check Window (DeBug Menu) ative a opção Block

002

Repare que o jogo sofrerá uma alteração visual, isso ocorre porque nesse momento é desativado o Shadow/Highlight Mode do game.

Agora, com o poder de atravessar paredes, basta andar para este ponto…:

003

Obs…: Este expresso NÃO pode ser acessado apenas com o código de game genie RFPT-J6YE para atravessar paredes. Somente o DeBug Menu é capaz de fazê-lo (É como se o expresso estivesse lá, mas com as portas fechadas :-)), e esta é mais uma das peculiaridades apresentadas pela opção Block e sua diferença em relação ao código de atravessar paredes.

Ao atravessar o portal, você irá parar na The Edge da Escuridão Profunda (Labirinto final do jogo)…:

004

Obs…: Desmarque a opção Block se quiser normalizar as cores (Clarear um pouco as coisas) ou, se estiver usando o DeBuGens, simplesmente pressione a tecla F12 (O que deve funcionar em outros emuladores de modo diferente).

Esse é considerado o caminho mais curto para enfrentar o ultimo desafio de Phantasy Star IV, e o principal destaque é que possibilita entrar nesse lugar e terminar o game com qualquer grupo de personagem, até mesmo com Seth, com a Alys viva e etc. Nesse caso, se quiser terminar o game com ela, nem preciso dizer para fortalecer os personagens, principalmente a Alys. Se quiser os melhores equipamentos, basta ir para Dezóris com o Expresso Dezoriano e dar um banho de loja na garota.

Vou postar um tutorial de como jogar com a Alys viva em todo o jogo, pode aguardar.

Alguns aspectos interessantes sobre a opção Block…:

Fora que ele neutraliza a maioria dos eventos, como por exemplo, a possibilidade se aproximar de alguns chefes sem entrar em batalhas, exemplo nos casos dos Dark Forces de Kuran e Garuberk, pode-se pegar o Cajado Psíquico sem a necessidade de quebrar o escudo que o protege (Conseqüentemente sem a necessidade de se ter Rune na equipe) e nem a necessidade de enfrentar Gy-Laguiah (Cujo objetivo é roubar o Cajado para Zio).

Muito interessante também é a possibilidade de passarmos por cima de qualquer coisa usando os veículos, coisa que não era permitido apenas com o código de atravessar paredes.

005

E até enfrentar batalhas, por exemplo, no meio do mar usando o Cavador de Gelo ou o LandRover:

006

Outro caso que merece menção é o acesso permitido e prematuro na loja fechada de Meese (Em Dezóris) usando o Block…

007

…e comprar itens cujos quais você nem sonharia poder comprar antes de resolver a questão do clima enlouquecido de Dezóris:

008

Pode visitar também, quantas vezes quiser, a câmara cavernosa onde se encontra a Elsydeon, mas pode ocorrer algumas anomalias, por exemplo, se você visitar mais de duas vezes a estátua da Alis que guardeia a espada sem realizar o evento em que Hanh, Gryz, Demi, Kyra e Raja se reúnem novamente no porto espacial Motaviano, Chaz dirá algo peculiarmente estranho, veja a imagem a seguir…:

009

No americano Chaz também dirá a mesma coisa…: “It’s a Kitchen. It’s Kept Pretty clean.”

Entretanto, se você fez os eventos ditos anteriormente e retornar à estátua da Alis, os dizeres da placa mudarão…:

010

“Aqueles Que Protegeram Algol Junto Com a Espada Sagrada, Elsydeon…”

No americano ele dirá…:

011

É bem provável que na versão original Japonesa ele diga a mesma coisa pelo simples fato de serem as mesmas palavras da ROM de tradução prototipada do Phantasy Star IV de Maio de 1994 (Phantasy Star IV Prototype – May 30, 1994) que nada mais é do que uma ROM Japonesa com os primeiros trabalhos de tradução sem muito empenho na interpretação do texto. Todavia, quem quiser arriscar em traduzir o que é realmente dito na Japonesa, capturei uma imagem para publicação…:

012

Se eu não fosse um analfabeto nas línguas orientais (Eu malmente sei soletrar o Português :-)), eu poderia afirmar ao invés de conjecturar. Mas posso dizer que ele se refere a Elsydeon no texto, pois comparei os caracteres…:

013

De qualquer forma, se interpreto os dizeres da placa corretamente, passando agora para o lado da teorização, quer dizer que a Espada Laconiana de Phantasy Star I, a Nei Sword de Phantasy Star II e a Elsydeon de Phantasy Star IV são a mesma espada…?

Deixo este pensamento para os eruditos Algolianos.

No geral, a opção block é, vamos dizer assim, muito poderosa, com ela eu consegui CINCO Chaz’s, dois Hahn’s, dois Gryz’s, duas Demi’s, Dois Raja’s, duas Kyra’s, Consegui levar a Alys e o Seth para enfrentar a escuridão profunda e muitas e muitas outras coisas.

Um dos que me chamou a atenção é fazer com que a Alys use a Tocha do Eclipse nas plantas carnívoras em batalha (Esse é de tirar o chapéu)…:

014

Como isso pode acontecer!? Primeiro que a Alys nem chega a ir para Dezoris, segundo que quando nos aproximamos da floresta de plantas chegada em carne humana Algoliana logo Chaz a usa e manda todos para o céu das floras.

E o fato de que se você destruir a Torre Garuberk SEM usar a Tocha do Eclipse na floresta de plantas carnívoras, elas ainda permanecerão lá. O único problema (Caso tenhamos a Tocha Eclipse) é que quando ocorrer o evento da explosão do templo Gumbious, os personagens emergirão bem em cima da floresta, e nesse caso deve-se ir fugindo a cada batalha até ficar do lado de fora da floresta, e quando isso acontecer, Chaz usará a Tocha Eclipe.

015

Até a Rika acha isso interessante:

016

Todavia, se resolvermos entrar na Torre Garuberk sem a Tocha Eclipse, elas ainda permanecerão lá (É imprescindível que Kyra esteja na equipe, caso contrário o jogo não poderá ser prosseguido após vencer Dark Force)…:

017

Dá para se evitar certos eventos, como por exemplo, adquirir a Tocha Eclipse da arca e sair do castelo do Lassic sem enfrentá-lo, entrar na torre Garuberk sem precisar usar a tocha, entrar na Torre da Fúria e adquirir o Megid sem necessitar da Elsydeon, e muitas e muitas outras coisas que eu não mencionei fora o que eu não descobri. Mas nem tudo são flores, existe uma delicada harmonia nas regras dos games, e a maioria delas giram em torno da quantidade de personagens no grupo e quem estará no mesmo, caso contrário o jogo deixa de prosseguir após alguma história.

Por exemplo, se Zio for derrotado sem que Demi e/ou Gryz estejam na equipe, o game não poderá continuar se Raja não estiver no grupo no momento em que ele adoecer em Meese, o jogo vai ficar parado, se Seth não estiver junto com os demais personagens quando ocorrer o evento em que ele revela sua verdadeira identidade como Dark Force, o mesmo problema ocorrerá.

Assim terminamos mais um post sobre as loucuras de Phantasy Star IV. Entretanto, este ainda não é o fim!

Até a próxima!

5 Comments

  1. Posted 19/05/2010 at 7:39 am | Permalink

    Bem maneiro estas descobertas também. Esse expresso é inédito! Pelo menos, não tinha ouvido falar dele até então.

    Essa da floresta carnívora também foi um excelente achado.

    Vamos ver como as coisas prosseguem e o que virá a seguir! hehehe

  2. kalbanga
    Posted 19/05/2010 at 10:23 am | Permalink

    YOZ SEU MALUCO!!!
    Muito obrigado pelos posts! Eles estão ABSURDAMENTE incríveis e desde já peço DESCARADAMENTE para utilizar partes do seu texto na história que estou planejando!
    UAU! As bilhoes de possibilidades que isso pode trazer são fascinantes! Eviatr eventos, ter gurpos diferentes, putz!!!! É do balacobaco!

  3. Posted 19/05/2010 at 12:48 pm | Permalink

    Pode usar sim!
    E fica atento que o de amanhã e principalmente o de sexta serão singulares…

  4. Gustavo
    Posted 19/05/2010 at 3:52 pm | Permalink

    Ah sim!

    Bem, fico feliz em ter encontrado o tal ponto para Profound Darkness… É um desafio para kamikazes enfrentar o labirinto final sem estar com algum level…

    Parabéns toda a aquipe do Blog e do site Gazeta de Algol!

  5. Posted 20/05/2010 at 4:42 am | Permalink

    Opa Gustavo!
    Valeu pelo comentário… Já leu o segundo post…?
    http://gazetadealgol.com.br/blog/?p=704#comments

    Ó! Experimenta encarar a Escuridão Profunda em situações adversas e desfavoráveis…

One Trackback/Pingback

  1. [...] http://gazetadealgol.com.br/blog/?p=734 [...]

Post a Comment

Your email is never published nor shared. Required fields are marked *
*
*

Mande um email para mim quando alguém postar comentários. Também dá para assinar o tópico sem postar comentários.