A GAZETA DE ALGOL

"O morto do necrotério Guaron ressuscitou! Que medo!"

Ferramentas do usuário

Ferramentas do site


jogos:psg2:psg2_guia_007

Guia de Phantasy Star Generation:2

Parte 7: O Laboratório de Biossistemas

Depois que conseguir elevar os níveis de Amy, salve o jogo e saia de Oputa, vamos para o Laboratório de Biossistemas conseguir a fita que o governador nos pediu. Esse labirinto tem inimigos bem cruéis. Especialmente umas sanguessugas cinzas. Elas podem tirar 20HP de você e o pior é que elas ainda absorvem esse HP, demorando muito pra serem derrotadas! Se você comprou a arma que sugeri, pode arriscar colocar Amy para atacá-las, assim elas ficam paralisadas por um tempo, mas é arriscado, porque elas podem matar Amy num golpe só, caso ela não esteja defendendo. Use Gifoi (ギフォイエ) se achar necessário e tome muito cuidado com seu HP o tempo todo! É uma boa idéia passar na loja de utilidades, comprar uns Dimates (ディメイト) e trazer com você. Se Amy morrer logo no começo do labirinto, sugiro que dê Reset e recomece, pois você vai precisar que ela fique curando o grupo. Sempre que for curar alguém, dê prioridade a Amy para fazer isso, pois se alguém morrer, provavelmente ela será a primeira, e você terá TP dos outros personagens para curar. Eu diria para você guardar 12TP de Rolf para sair do labirinto depois, mas como nada garante que ele vai sair de lá vivo, é melhor comprar um Escaduto (迷いのオカリナ) e um Teleduto (旅のオカリナ) só para garantir, porque o último andar do labirinto não tem saída e nem andando você conseguiria sair de lá. Depois das compras, saia de Oputa, siga para oeste, atravesse duas pequenas pontes e siga para sudeste, atravessando mais um ponte, e você encontrará o local.

Laboratório de Biossistemas

1 – 400 Mesetas
1 – Antídoto

2 – 500 Mesetas

3 – Atomizador Estelar

4 - Monofluído
1 – 800 Mesetas

2 - Dinamite
1 – Trimate

2 – 300 Mesetas

3 – Antídoto

4 – Monofluído

5 – Gravador do Sistema

Reparou que não chegamos a usar a segunda dinamite encontrada em Shure? Vamos usar agora. Aproxime-se da porta do local, abra o menu e selecione Dinamite (ダイナマイト), e confirme com a opção “Usar” (使う). Agora dê a volta pelo lado esquerdo do labirinto até o elevador de número 5. No andar seguinte, você tem que dar a volta pelo labirinto todo até o elevador de número 4. No caminho há um baú com um Antídoto (アンティポイズン), que você pode pegar se quiser. Também há os baús 2 e 3, que contêm 500 Mesetas e até um Atomizador Estelar (スターアトマイザー), que serve pra curar o grupo inteiro. Perto do baú com ele, há um elevador, que você pode usar para voltar ao andar anterior e pegar 400 Mesetas em outro baú. Pouco antes do elevador de número 4 há um baú com um Monofluído (モノフルイド), que pode ser útil para recuperar 10TP de alguém que precise. Depois siga para o elevador de número 4. Você voltará para o andar anterior. Apenas siga até o elevador de número 3. No andar seguinte, apenas caminhe até o elevador de número 2. No andar seguinte, vá para oeste e pegue 800 Mesetas no baú de número 1. Depois siga para sudoeste até o baú de número 2, que contém outra Dinamite. Vá até a porta na parte central, abra o menu e use sua Dinamite (ダイナマイト), e caia no buraco. Você cairá vários andares até chegar ao subsolo.

Aqui, os monstros mais fortes aparecem com maior freqüência. Sugiro que você seja rápido e ignore alguns tesouros, pra garantir que sairá vivo daqui. Você cai no ponto marcado pelo número 1. Cuidado com o piso verde, porque você perde HP enquanto caminho sobre ele (serve mais para assustar do que pra prejudicar de verdade). Siga para noroeste até o baú com o Trimate (トリメイト), pegue-o e dê a volta pela parte de cima do labirinto até o computador, marcado pelo número 5. O único outro baú que você pode arriscar pegar é o de número 2, que tem 300 Mesetas, e dinheiro é sempre bem-vindo. Chegando ao computador, aperte o botão Círculo.


Computador do Sistema: MsgErro: O sistema está inoperante! A tentativa de recuperação automática falhou. Cancelando uma nova tentativa e informando ao Cérebro-Mãe.

Rolf: Entendi… O Laboratório de Biossistemas não estava funcionando normalmente, então? …! Ok… O Gravador do Sistema parece estar bom, não é? O incidente acontecido aqui deve estar todo gravado. Vamos levá-lo logo…



[Você recebeu o Gravador do Sistema!]

Interessante é que Rolf acabou de morrer aqui, e quem faz a fala dele é a Nei. Agora não perca tempo. Abra o menu, vá aos seus itens e selecione Escaduto (迷いのオカリナ) e use-o para sairmos logo daqui. Em seguida, use o Teleduto (旅のオカリナ) para voltarmos para Oputa. Recupere todo mundo, clone alguém se precisar e vá até a estação de teletransporte para voltar a Paseo (首都パセオ). Vá até a Torre Central e fale com o governador.

[Você entregou o Gravador do Sistema.]


Governador O’Conner: Oh, voltaram em segurança? Rolf, foram muitas dificuldades! Imediatamente, vamos fazer a análise e comparação do Gravador do Sistema com os dados da biblioteca! Com isto, a causa da ameaça biológica ter ocorrido deve se tornar óbvia. A propósito, Rolf… Até aqui, eu sempre acreditei que tudo o que o Cérebro-Mãe faz é correto… Realmente acreditava que nossas vidas eram guardadas por Cérebro-Mãe! Mas eu percebi uma coisa… Sob o controle de Cérebro-Mãe, nós acabamos caindo em degradação! Por isso, eu comecei a sentir que não poderíamos continuar dessa forma. Ah, é mesmo… A análise do Gravador do Sistema também já deve ter acabado. Vá até a biblioteca confirmar!



Agora vá até a biblioteca.


Adena: A análise do Gravador do Sistema acabou. A causa do acidente no Laboratório de Biossistemas foi resultado de uma grande adulteração de energia no sistema! O resultado é que podemos pensar que muitas biocriaturas alcançaram uma evolução repentina. Estas criaturas, que mais do que manipulação de genes, têm genes nocivos, estavam vivendo uma existência fora das leis naturais. E da danificação do laboratório causada pelo acidente, parece que estas criaturas começaram a sair pelos campos, quebrar o ecossistema, e acabaram desordenando o ciclo de tudo. Por favor, olhe este gráfico. Ele mostra a quantidade de energia do Laboratório de Biossistemas que foi consumida nos últimos anos. Agora vamos sobrepor o gráfico da quantidade de energia no Climatrol.



Ela irá sobrepor os gráficos.


Adena: Você entendeu? Em outras palavras, a grande quantidade de energia que vazou do Laboratório de Biossistemas está fazendo com que a energia que era para ser utilizada pelo Climatrol flua para o Laboratório de Biossistemas! Mas vendo como a energia que vaza do Climatrol flui de uma forma tão ordenada, não parece que o acidente foi na verdade obra de alguém? Esse é o meu ponto de vista. Se tiver de investigar, terá de ir ao Climatrol, não é? Para isso, terá que passar pela Ponte do Leste. Que tal consultarem o Governador O’Conner? Eu fui útil? Quando você precisar de alguma outra informação, por favor, volte sempre! Então, até mais.



Curiosidade: Na versão japonesa, Climatrol é chamado de AMeDAS, que significa “Automated Meteorological Data Acquisition System”, ou “Sistema de Aquisição de Dados Meteorológicos Automatizado”. E o mais bizarro é que existe um negócio desses no Japão! Só não sei a utilidade.

Agora volte a falar com o governador.


Governador O’Conner: Entendi… Se aquele acidente foi realmente obra de alguém, naturalmente não podemos ficar de braços cruzados. Gostaria de enviá-lo logo numa investigação, mas antes disso… Na verdade, eu enviei um biólogo certificado pelo governo. É um estudante da Universidade de Motávia, na filial de Kvarts, e é respeitado no campo da biotecnologia. Ele provavelmente poderá ajudá-lo nesse caso. Ele logo deve chegar. Volte logo para casa, ele deve estar te esperando. Conto com você.



Agora vá para casa conhecer o tal sujeito.


Rolf: …?! Temos visita?

Hugh: Prazer em conhecê-lo… Você é Rolf, certo? Eu sou Hugh Thompson. Sou formado em Biologia pela faculdade de Motávia, na filial de Kvarts. Recebi um pedido do governo. Me disseram para ajudá-lo em assuntos ligados à biologia. Pode não parecer… Tenho autorização de biólogo certificada do governo! E tenho um certo conhecimento sobre biotecnologia.

Rolf: Entendi, será de bela ajuda…

Hugh: Por que surgiram esses biomonstros assassinos? Como biólogo, esse tema é muito interessante. Espero que meus conhecimentos sirvam pra ajudá-lo de alguma forma… E não vou atrapalhá-lo de forma alguma! Por isso, deixe-me acompanhar vocês! Por favor!

Rolf: Entendi… Vou te chamar quando eu precisar de você. Gostaria que ficasse esperando neste quarto, por enquanto.



Hugh tem técnicas ótimas contra biomonstros. Confira a lista de técnicas que ele aprende durante o jogo (não garanto exatidão da lista).
No entanto, por hora, é melhor deixá-lo em casa treinando por conta própria. Mais tarde precisaremos dele, mas por enquanto deixe-o em casa. Agora volte para a Torre Central para falar com o governador.


Governador O’Conner: Encontrou com ele? Rolf, vou lhe dar a Chave-Tubo! Continuamente, investigue o Climatrol, desta vez! Além disso… Estou preocupado com o fato de não termos qualquer pista sobre Shelley. Mesmo com a recuperação do Gravador do Sistema, eu ainda quero saber sobre o paradeiro dela. Se usar esta Chave-Tubo, poderá utilizar a Ponte do Oeste. Antes de ir ao Climatrol, verifique a cidade de Zema! Olhando os dados de memória de Shelley daquela época, sua última parada foi em Zema. Tenho certeza de que aconteceu algo lá! Rolf, Conto com você!



[Você recebeu a Chave-Tubo!]

Vá para a estação de teletransporte e volte para Oputa (オプタノの街). Salve o jogo. Agora saia de Oputa e volte para onde fica o Laboratório de Biossistemas, mas não entre. Vá para a ponte logo ao sul do laboratório. Haverá uma porta bloqueando o caminho. Abra o menu e use a Chave Tubo (チューブキー) para passar. Siga para sudeste até avistar uma ponte ao norte, entre nela e do outro lado você sairá na cidade de Zema.

rudo3.jpg anna4.jpg

jogos/psg2/psg2_guia_007.txt · Última modificação: 2011/12/05 16:46 por filipeeng

Ferramentas da página