A GAZETA DE ALGOL

"O morto do necrotério Guaron ressuscitou! Que medo!"

Ferramentas do usuário

Ferramentas do site


fanworks:fanfictions:fic-023

Caindo de amor por você

Autora: Darrell Whitney
Tradutor: Orakio Rob

“Garn”, Alys Brangwin disse para o atendente do bar enquanto este a trazia um caneco espumante da melhor bebida de Zema, “não existem homens bons hoje em dia.”

“Ei, Alys, essa foi meio forte, não acha?”

Talvez tenha sido para o azar de Garn que Joss Howland tenha escolhido aquele momento para entrar no bar. Joss era grande e bonitão, um pedaço músculoso de bife que geralmente atraía multidões femininas. Essa multidão costumava diminuir consideravelmente quando ele abria a boca.

“Prova A”, Alys comentou.

Howland a avistou no bar e foi logo na direção dela.

“Ei, Garn! Um Nafoi duplo para mim e traga mais um para essa dama do que quer que ela esteja bebendo”.

“Joss, eu ainda nem comecei este”, Alys acrescentou. “Mas se você vai ficar por aqui, então eu acho que vou precisar beber mais”.

Alys não tinha certeza se o insulto havia penetrado a turva sagacidade de Howland ou se havia sido rebatido pela armadura de seu imenso ego, mas definitivamente não o acalmou.

“Então, Alys, cansada de bancar a difícil?”

“Quem está brincando?” grunhiu o mais celebrado caçador de Motávia.

“Veja, tem até um lugar vago ao seu lado. Só pode ser o destino. Estamos destinados a ficar juntos.”

Ele sentou no banco. Garn voltou com o Nafoi de Howland, bebida assim chamada porque é servida em chamas.

“Aqui está. Ei, Joss, eu não–”

“Ei, Garn”, Howland interrompeu, “você é um bom garçom, mas pega leve, ok? Estou tentando conversar com a Alys”.

“Sim, mas–”

“Ei, não me faça repetir o que eu disse.”

Garn deu de ombros. “Você que sabe”.

“Agora, Alys, como eu dizia…”

“Não deixe seu drink queimar”.

“Huh? Oh, sim”. Howland pegou a taça, apagou as chamas, e virou tudo de uma vez num estilo bem machão. Para sua infelicidade, o movimento súbito fez o assento escorregar de seu apoio, jogando Joss no chão duro.

“Ei, Garn!” gritou um dos clientes. “Você nunca vai consertar esse banco?”

Alys olhou de cima para o caçador atordoado.

“Só pode ser o destino”, ela disse. “Você está destinado a cair.”

Texto original: http://www.phantasy-star.net/fanfics/whitney/falling.html

fanworks/fanfictions/fic-023.txt · Última modificação: 2009/01/13 11:58 (edição externa)

Ferramentas da página