A GAZETA DE ALGOL

"O morto do necrotério Guaron ressuscitou! Que medo!"

Ferramentas do usuário

Ferramentas do site


diversos:reportagens:reportagem_001

Diferenças

Aqui você vê as diferenças entre duas revisões dessa página.

Link para esta página de comparações

Próxima revisão
Revisão anterior
diversos:reportagens:reportagem_001 [2009/01/03 01:54]
orakio created
diversos:reportagens:reportagem_001 [2011/02/18 04:44] (atual)
orakio
Linha 20: Linha 20:
 O domínio prematuro da Nintendo sobre o mercado pode ser atribuído ao homem forte da Nintendo, Hiroshi Yamauchi. Suas medidas dominadoras de mercado não permitiram que o Master System, que chegou depois, se apoderasse de uma fatia considerável do mercado, apesar de sua superioridade técnica. O Master System é superior ao Nintendo em quase todos os aspectos, ainda que ambos custassem quase o mesmo preço. O Master System era vendido por US$149 com a pistola. O Master System tinha um processador 3.6 Mhz de 8 bits, enquanto o processador de 8 bits da Nintendo operava apenas a 1.79 Mhz. O Master System podia exibir 52 cores diferentes simultaneamente, dentre suas 256. O Nes exibia apena 16 de suas 52 cores. O Master System também possuía 64 Kb de RAM comparados a apenas 2 Kb do NES. Um site diz que "jogos lançados tanto para o Master System quanto para o NES tem gráficos e jogabilidade obviamente superiores no Master System". Considerando-se a grande diferença tecnológica, isso não é surpresa. O domínio prematuro da Nintendo sobre o mercado pode ser atribuído ao homem forte da Nintendo, Hiroshi Yamauchi. Suas medidas dominadoras de mercado não permitiram que o Master System, que chegou depois, se apoderasse de uma fatia considerável do mercado, apesar de sua superioridade técnica. O Master System é superior ao Nintendo em quase todos os aspectos, ainda que ambos custassem quase o mesmo preço. O Master System era vendido por US$149 com a pistola. O Master System tinha um processador 3.6 Mhz de 8 bits, enquanto o processador de 8 bits da Nintendo operava apenas a 1.79 Mhz. O Master System podia exibir 52 cores diferentes simultaneamente, dentre suas 256. O Nes exibia apena 16 de suas 52 cores. O Master System também possuía 64 Kb de RAM comparados a apenas 2 Kb do NES. Um site diz que "jogos lançados tanto para o Master System quanto para o NES tem gráficos e jogabilidade obviamente superiores no Master System". Considerando-se a grande diferença tecnológica, isso não é surpresa.
  
-Pode-se dizer que a batalha da Sega com a Nintendo no mercado de video games domésticos rendeu um importantíssimo aprendizado. A Sega não cometeu os mesmos enganos quando lançou o Mega-Drive no Japão em 1989 e seu equivalente americano, o Genesis, logo depois, em 1990. A Sega imediatamente licensiou a Eletronic Arts para produzir jogos para seu novo sistema de 16 bits. Esse acréscimo de títulos e a vantagem de dois anos que teve contra o 16 bits da Nintendo permitiu que a Sega aumentasse sua participação no mercado. Os números variam de acordo com as fontes, mas no seu auge a Sega alcançou, ou talvez tenha até ultrapassado, a Nintendo no mercado. De acordo com o Segaweb.com , "Os anos do Genesis geralmente são aqueles aos quais os fãs da Sega se referem como a era de ouro da Sega." A batalha foi difícil no começo--os consumidores teriam que comprar um novo sistema que não possuía compatibilidade com seus jogos antigos--mas a maravilhosa linha de lançamentos da Sega e os gráficos impressionantes aos poucos afastaram os consumidores da Nintendo.+Pode-se dizer que a batalha da Sega com a Nintendo no mercado de video games domésticos rendeu um importantíssimo aprendizado. A Sega não cometeu os mesmos enganos quando lançou o Mega-Drive no Japão em 1989 e seu equivalente americano, o Genesis, logo depois, em 1990. A Sega imediatamente licenciou a Eletronic Arts para produzir jogos para seu novo sistema de 16 bits. Esse acréscimo de títulos e a vantagem de dois anos que teve contra o 16 bits da Nintendo permitiu que a Sega aumentasse sua participação no mercado. Os números variam de acordo com as fontes, mas no seu auge a Sega alcançou, ou talvez tenha até ultrapassado, a Nintendo no mercado. De acordo com o Segaweb.com , "Os anos do Genesis geralmente são aqueles aos quais os fãs da Sega se referem como a era de ouro da Sega." A batalha foi difícil no começo--os consumidores teriam que comprar um novo sistema que não possuía compatibilidade com seus jogos antigos--mas a maravilhosa linha de lançamentos da Sega e os gráficos impressionantes aos poucos afastaram os consumidores da Nintendo.
  
-Tecnicamente, o Genesis era muito impressionante. Na época, o único outro sistema com capacidades semelhantes era o Turbo Graphix 16 da NEC. Esse console, apesar de ter sido vendido como um de 16 bits, na verdade tinha dois processadores de 8 bits ao invés de um de 16. Ainda que os dois processadores tornassem os graficos superiores aos de qualquer sistema de 8 bits, era dificil para ele competir com o Genesis, especialmente devido à falta de jogos para o sistema. O genesis tinha processador de 16 bits e capacidade para até 64 cores simultâneas, de uma palheta de 512. Ainda tinha 64KB de RAM e mais 64KB de RAM para o som, o sistema era bastante capaz. Quando a Nintendo finalmente lançou o Super Famicom/Super NES, o console aos poucos foi ganhando o espaço do genesis, mas não conseguia superá-lo na guerra dos 16 bits. Como ocorreu com o Master System na guerra do 8 bits, o Super NES era superior ao seu competidor, o Sega Genesis. De fato, o Super Nintendo tinha um processador de 16 bits e 1 Mb de RAM mais 0.5Mb de RAM para vídeo. O Super NES tambem podia exibir 256 cores simultaneamente dentre sua palheta de 32.768 cores.+Tecnicamente, o Genesis era muito impressionante. Na época, o único outro sistema com capacidades semelhantes era o Turbo Graphix 16 da NEC. Esse console, apesar de ter sido vendido como um de 16 bits, na verdade tinha dois processadores de 8 bits ao invés de um de 16. Ainda que os dois processadores tornassem os graficos superiores aos de qualquer sistema de 8 bits, era difícil para ele competir com o Genesis, especialmente devido à falta de jogos para o sistema. O Genesis tinha processador de 16 bits e capacidade para até 64 cores simultâneas, de uma palheta de 512. Ainda tinha 64KB de RAM e mais 64KB de RAM para o som, o sistema era bastante capaz. Quando a Nintendo finalmente lançou o Super Famicom/Super NES, o console aos poucos foi ganhando o espaço do genesis, mas não conseguia superá-lo na guerra dos 16 bits. Como ocorreu com o Master System na guerra do 8 bits, o Super NES era superior ao seu competidor, o Sega Genesis. De fato, o Super Nintendo tinha um processador de 16 bits e 1 MB de RAM mais 0,5 Mb de RAM para vídeo. O Super NES também podia exibir 256 cores simultaneamente dentre sua palheta de 32.768 cores.
  
-Em uma tentativa de ajudar o genesis, a Sega vendeu uma variedade de acessórios mal-sucedidos. O Sega-CD e o 32x foram acessórios para o Genesis que não cumpriram as promessas de sua fabricante. Foram poucos os jogos lançados para esses periféricos, e estes não eram muito melhores que os jogos comuns de Genesis. Consequentemente, não haviam muitas razões para se comprar esses acessórios.+Em uma tentativa de ajudar o Genesis, a Sega vendeu uma variedade de acessórios mal-sucedidos. O Sega-CD e o 32x foram acessórios para o Genesis que não cumpriram as promessas de sua fabricante. Foram poucos os jogos lançados para esses periféricos, e estes não eram muito melhores que os jogos comuns de Genesis. Consequentemente, não haviam muitas razões para se comprar esses acessórios.
  
-Como a Nintendo no início da revolução 16-bits, a Sega caiu em terreno perigoso. Seus novos produtos não estavam vendendo. Os consumidores aguardavam ansiosamente por novos jogos e novos sistemas que acbavam desapontando. O Saturno, sistema de 32 bits da Sega, não conseguiu competir com o Playstation da Sony. Na verdade, o Saturno discretamente rumou para a obscuridade nunca conseguindo apoio suficiente das third-parties (fabricantes de jogos) para ter uma coleção ao menos razoável de jogos.+Como a Nintendo no início da revolução 16-bits, a Sega caiu em terreno perigoso. Seus novos produtos não estavam vendendo. Os consumidores aguardavam ansiosamente por novos jogos e novos sistemas que achavam desapontando. O Saturno, sistema de 32 bits da Sega, não conseguiu competir com o Playstation da Sony. Na verdade, o Saturno discretamente rumou para a obscuridade nunca conseguindo apoio suficiente das third-parties (fabricantes de jogos) para ter uma coleção ao menos razoável de jogos.
  
-A mais recente tentativa de sucesso da Sega no mercado de video games foi o Dreamcast. Esse sistema de avançados recursos 3-D vendeu mais de 500.000 unidades nos seus dois primeiros meses de produção. Além de maravilhosos gráficos, o Dreamcast trazia algo não oferecido por nenhum outro sistema na época-- a capacidade de disputar partidas online. Embora o dreamcast tenha sido muito bem sucedido em seus dois primeiros anos de produção, a Sega recentemente avisou que vai parar de produzir o sistema devido à intensa concorrência do competidor Sony Playstation2 e do futuro X-box da Microsoft. Ainda que o sucesso do Dreamcast não tenha durado tanto quanto a Sega esperava, ele representou uma vitoria para a Sega. Após tantos fracassos que sucederam o ápice do Sega Genesis, o Dreamcast demonstrou que a Sega ainda poderia ter sucesso no mercado de Games, se bem dirigida.+A mais recente tentativa de sucesso da Sega no mercado de video games foi o Dreamcast. Esse sistema de avançados recursos 3-D vendeu mais de 500.000 unidades nos seus dois primeiros meses de produção. Além de maravilhosos gráficos, o Dreamcast trazia algo não oferecido por nenhum outro sistema na época-- a capacidade de disputar partidas online. Embora o Dreamcast tenha sido muito bem sucedido em seus dois primeiros anos de produção, a Sega recentemente avisou que vai parar de produzir o sistema devido à intensa concorrência do competidor Sony Playstation2 e do futuro X-box da Microsoft. Ainda que o sucesso do Dreamcast não tenha durado tanto quanto a Sega esperava, ele representou uma vitoria para a Sega. Após tantos fracassos que sucederam o ápice do Sega Genesis, o Dreamcast demonstrou que a Sega ainda poderia ter sucesso no mercado de Games, se bem dirigida.
  
  
 ===== Phantasy Star I ===== ===== Phantasy Star I =====
  
-Em meio a breve tentativa da Sega de vencer a guerra dos 8-bits, Phantasy Star 1 foi criado. O quadro não parecia bom na época. Ninguém na Sega poderia honestamente pensar que tinha alguma chance contra a Nintendo quando Phantasy Star 1 foi lançado no fim de 1987. Quando o jogo chegou às lojas americanas no ano seguinte a Nintendo já dominava o mercado de consoles e jogos. O estrangulamento das Thrid-parties promovido pela Nintendo obscureceu o futuro da Sega com seu Master System. No entanto, Phantasy Star 1 acabou se tornando a jóia na coroa do Master System. A maioria dos sites dá crédito a Phantasy Star como sendo o melhor jogo já produzido para Master System. +Em meio à breve tentativa da Sega de vencer a guerra dos 8-bits, Phantasy Star 1 foi criado. O quadro não parecia bom na época. Ninguém na Sega poderia honestamente pensar que tinha alguma chance contra a Nintendo quando Phantasy Star 1 foi lançado no fim de 1987. Quando o jogo chegou às lojas americanas no ano seguinte a Nintendo já dominava o mercado de consoles e jogos. O estrangulamento das third-parties promovido pela Nintendo obscureceu o futuro da Sega com seu Master System. No entanto, Phantasy Star 1 acabou se tornando a jóia na coroa do Master System. A maioria dos sites dá crédito a Phantasy Star como sendo o melhor jogo já produzido para Master System.
- +
-Em meio a breve tentativa da Sega de vencer a guerra dos 8-bits, Phantasy Star 1 foi criado. O quadro não parecia bom na época. Ninguém na Sega poderia honestamente pensar que tinha alguma chance contra a Nintendo quando Phantasy Star 1 foi lançado no fim de 1987. Quando o jogo chegou às lojas americanas no ano seguinte a Nintendo já dominava o mercado de consoles e jogos. O estrangulamento das Thrid-parties promovido pela Nintendo obscureceu o futuro da Sega com seu Master System. No entanto, Phantasy Star 1 acabou se tornando a jóia na coroa do Master System. A maioria dos sites dá crédito a Phantasy Star como sendo o melhor jogo já produzido para Master System.+
  
 Esses feitos podem ser largamente atribuídos a duas pessoas: Yuji Naka e Rieko Kodama. Yujo Naka é creditado como "programador principal" (Main programmer) e Kodama é creditada como "Design total" (total design). Juntos esses dois são largamente responsáveis pelas duas áreas nas quais Phantasy Star se sobressaía: avanços tecnológicos e história. Esses feitos podem ser largamente atribuídos a duas pessoas: Yuji Naka e Rieko Kodama. Yujo Naka é creditado como "programador principal" (Main programmer) e Kodama é creditada como "Design total" (total design). Juntos esses dois são largamente responsáveis pelas duas áreas nas quais Phantasy Star se sobressaía: avanços tecnológicos e história.
Linha 45: Linha 43:
 Uma das principais diferenças entre esse jogo e outros RPGs é o sexo da personagem principal. Alis Landale, a líder do grupo, parte para derrotar o maligno Lassic, depois que este mata o irmão dela. O único jogo na época (e por muito tempo) com uma personagem principal feminina era Metroid, da Nintendo. Contrário ao atual padrão de heroínas, Alis não é um símbolo sexual. Ela é apenas uma mulher forte em sua missão de vingar o irmão. Uma das principais diferenças entre esse jogo e outros RPGs é o sexo da personagem principal. Alis Landale, a líder do grupo, parte para derrotar o maligno Lassic, depois que este mata o irmão dela. O único jogo na época (e por muito tempo) com uma personagem principal feminina era Metroid, da Nintendo. Contrário ao atual padrão de heroínas, Alis não é um símbolo sexual. Ela é apenas uma mulher forte em sua missão de vingar o irmão.
  
-Para completar sua missão, Alis é auxiliada por aparatos de alta tecnologia. À disposição dela e de seu grupo, ao longo do jogo, estão um hovercraft, um veículo terrestre, um cavador de gelo (hovercraft, land rover e ice digger, respectivamente) e uma espaçonave. Cada um desses veículos permite que Alis e seu grupo esplorem mais do sistema estelar Algol.+Para completar sua missão, Alis é auxiliada por aparatos de alta tecnologia. À disposição dela e de seu grupo, ao longo do jogo, estão um hovercraft, um veículo terrestre, um cavador de gelo (hovercraft, land rover e ice digger, respectivamente) e uma espaçonave. Cada um desses veículos permite que Alis e seu grupo explorem mais do sistema estelar Algol.
  
 O mais sensacional aspecto do jogo é a introdução de mitologia na trama. Logo no início os jogadores descobrem que a Medusa transformou Odin em pedra. Para vencer Medusa, Alis precisa encontrar o escudo de Perseus. "De acordo com nossas lendas, o escudo que Perseus usou para derrotar Medusa esta enterrado na pequena ilha no meio do lago." Essa referência à mitologia grega é bastante evidente, mas não descreve por completo as referências. O sistema estelar no qual os jogos Phantasy Star são passados existe na vida real. "Algol é uma estrela binária eclipsante localizada na constelação de Perseus. Na verdade, a estrela 'zumbi' supostamente representa o olho da Medusa, devido ao seu brilho inconstante." O mais sensacional aspecto do jogo é a introdução de mitologia na trama. Logo no início os jogadores descobrem que a Medusa transformou Odin em pedra. Para vencer Medusa, Alis precisa encontrar o escudo de Perseus. "De acordo com nossas lendas, o escudo que Perseus usou para derrotar Medusa esta enterrado na pequena ilha no meio do lago." Essa referência à mitologia grega é bastante evidente, mas não descreve por completo as referências. O sistema estelar no qual os jogos Phantasy Star são passados existe na vida real. "Algol é uma estrela binária eclipsante localizada na constelação de Perseus. Na verdade, a estrela 'zumbi' supostamente representa o olho da Medusa, devido ao seu brilho inconstante."
diversos/reportagens/reportagem_001.1230976468.txt.gz · Última modificação: 2009/01/13 11:58 (edição externa)