Skip navigation

A Semana Bizarra de Phantasy Star I – Dia 5

Postado por em 13/04/2012

Saudações de Algol à todos! Finalmente chegamos a nossa ultima postagem da Semana Bizarra de Phantasy Star I, e este é com certeza um dos mais trabalhosos porque eu combino uso de códigos de Pro Action Replay e manipulo regras e eventos que não deveriam ser manipulados, e mostro também curiosidades mistas que normalmente poucos iriam atrás.

E por fim o “fim”. Vamos lá:

Walking through walls

Nada como começar esta derradeira postagem com a estrela dos códigos, o código para atravessar paredes no Phantasy Star I (Phantasy Star I Walking Through Walls). Como alguns sabem, esta foi a razão por eu começar a me interessar por caça a códigos de Pro Action Replay e como bônus conseqüente, vários outros códigos vieram.

Vamos a ele:

00C2E9:81 Atravessar paredes (Phantasy Star I Walking through walls)

O primeiro passo é inserir e ligar o código, após isso, dê alguns passos no cenário só para ter certeza de que o código entrou (MAS NÃO PRESSIONE BOTÃO ALGUM!) em seguida entre novamente no editor de códigos e DESLIGUE o mesmo.

O código perderá seu efeito quando, fora de um labirinto em primeira pessoa, pressionarmos qualquer botão (Consequentemente exibindo as caixas de opções num cenário em primeira pessoa). Mas se fizermos isso com o código ligado, viajaremos de Palma para Motávia independente de qualquer parte de qualquer planeta estejamos.

Resumo: Liga-se o código e logo, confirma se pegou no jogo e em seguida o desligamos. Pois se pressionarmos um botão com o código ligado, ao sairmos de Menu, os personagens irão diretamente para outro planeta.

Esse código nos permite atravessar qualquer obstáculos como gramados :-), Muros, Dentre muitas outras coisas:

Fator de Proporcionalidade

Na verdade o título dessa subparte dessa matéria deveria ser “Blocos de cidades” ou “Blocos com cidades”. Mas vamos seguindo assim mesmo!

Isso nada mais é do que uma mera curiosidade, aqui eu demonstro que existe uma grande discrepância entre as distâncias entre uma cidade e outra dentro das áreas delas, ou entre elas fora das áreas delas.

:-)

- Eu ando complicando muito as coisas não é?

Não é tão complicado assim, o resumo disso tudo é que algumas cidades estão em blocos distintos, é como se várias cidades estivessem próximas umas das outras numa mesma área.

- Não foi ainda? Vamos tentar explicar exemplificando e mostrando vídeos e imagens estáticas esquematizadas.

Para fazer isso, primeiramente precisaremos combinar dois códigos:

00C2E9:81 Atravessar paredes (Phantasy Star I Walking through walls)

00C309:00 Expresso (Desligará as colisões das saídas das cidades e vilarejos)

As cidades são:

Vamos para o bloco 1 (Das cidades Palmanas): Camineet, Porto espacial e Parolit


http://www.youtube.com/watch?v=S8n7i3K8h6M&feature=youtu.be

Vamos para o bloco 2 (Dos Vilarejos Palmanos): Gothic, Eppi, Bortevo, Abion e Loar;


http://www.youtube.com/watch?v=f987N2VL4sk&feature=youtu.be

Vamos para o bloco 3 (Das Cidades Portuárias Palmanas): Scion e Drasgow;


http://www.youtube.com/watch?v=babioRR-Ig0&feature=youtu.be

Vamos para o bloco 4 (Todas as Cidades e Vilarejos Motavianos): Paseo, Porto Espacial, Sopia, Casba e Uzo;


http://www.youtube.com/watch?v=7awzwVxZpik&feature=youtu.be

Vamos para o bloco 5 (Todas as Cidades Dezorianas): Skure e TwinTown;


http://www.youtube.com/watch?v=LdVN-tuw_rg&feature=youtu.be

Vamos para o bloco (Que não é bloco) Final: Lassic Air Castle.


http://www.youtube.com/watch?v=nZxKQ5IWnV4&feature=youtu.be

O castelo de Lassic esta sozinho, não existe qual quer cidade conectada a isso, na verdade não existe coisa alguma além do próprio castelo de Lassic como pode observar no Vídeo.

Você Gosta dos Jogos da Tec Toy?


Obs: Poucos de fatos são Games da própria Tec Toy, e Phantasy Star com certeza NÃO é um deles. A franquia Phantasy Star é um jogo da SErvice Games Japonesa, e nesse caso, Phantasy Star I foi somente TRADUZIDO para Português, e NÃO CRIADO pela Tec Toy. Mas confesso que na época em que jogava no Master System com cartucho, ler isso dava um “climão do caramba” :-), fora os amigos que jogavam comigo e que comentavam bastante sobre isso, inclusive como referência à tradução do jogo.

Mas tudo bem! Vamos em frente que atrás vem gente!

Se respondermos que…

SIM:↓

NÃO:↓

Essa é clássica! Isso é o que já estamos acostumados a ver na versão/tradução Tec Toy de Phantasy Star. Mas, quem nunca ficou curioso para saber o que a mulher da cidade envolto ao Gás venenoso em Motávia diz nas versões Americanas e Japonesas? Aqui obteremos a resposta.

Para cortar caminho, usarei um dos códigos divulgados na postagem anterior, que é o Código de Diálogos:

00C2DB:75 “Você gosta dos jogos da Tec Toy?”

Nota do Yoz: Claro que eu gosto dos jogos da SEGA! A final, são os melhores. E mesmo se não gostasse, por que estaria jogando há tantos anos?

- Claro né?

AMERICANA: Como eu sou um tapado em Inglês, resolvi estorv… quer dizer, requisitar ajuda do meu velho amigo Sir. Thiago “Senil” Landen :-).

Oi! Sou a Miki! Você gosta dos jogos da Sega?

YES:↓

É claro! Os jogos da Sega são os melhores.

NO: ↓

Não posso acreditar. Se você não gosta do jogo,…. Por que jogou até tão longe!?!

JAPONESA: Como eu sou um zero a esquerda (Basicamente uma ilustre infinitesimal parte de subnitrato de pó de mer#@) na língua Japonesa, resolvi recorrer a meu amigo Jorge Chernicharo, e olhem só o que ela diz:

Eu sou Miki chan, uma gamer.

Voce tem um Master System?


SIM/YES:↓

Você é um gamer como eu, ne? Realmente o som FM é demais!


NÃO/NO:↓

Que isso! Então vá comprar logo!


Obs: Repararam que no Japonês tudo parece mais compacto!

:-p

Incrível! Pois muda toda a idéia que eu tinha com base nas versões Norte Americana e Brasileira. E o Jorge ainda me chamou a atenção de que esse diálogo seria justificado, possivelmente, porque o Sega Mark III não tinha o som FM. Fora que justifica a mudança de diálogo nas versões ocidentais justamente por não existir o chip FM nessas versões.

Animal Alado Antes do Tempo

O código a qual vou falar agora é MUITO bacana! Ele simplesmente faz o Myau se transformar em Animal Alado sem precisar ter a Noz de Laerma, na verdade, nem precisamos ter o Myau no grupo. :-)

Transformando Myau em animal alado: Pressionarmos qualquer botão para que possamos entrar na tela de Menu (Onde aparece, em primeira pessoa, o cenário referente ao local onde estamos. Em seguida ligamos o seguinte código 00CAFA:58, mas não é pra fazer nada ainda.

Após confirmar o código, desliga-se o mesmo (Isso mesmo! Você o ligou, agora é hora de desligá-lo) e é só tentar entrar em qualquer opção, o que se seguirá é o evento onde Myau come a Noz de Laerma e voa para o castelo do Lassic.

Só um detalhe: deveremos enfrentar o G. Dragn caso não o tenhamos feito.

Obs: Se este procedimento for adotado enquanto estivermos no Castelo Aéreo, Myau se transformará e voltará para Palma.

http://youtu.be/KXbie0VfvYE

A vantagem desse código é que, se o Myau NÃO estiver no grupo, ele NÃO pode ser morto, e se ele NÃO pode ser morto, os personagens NÃO serão lançados aos céus caso Myau morra e nem ficarão presos para sempre no castelo de Lassic caso NÃO tenhamos recursos para uma ressurreição felina.

:-)

Tarzimal Antes De Lutz (Texto perdido!)

Você deve estar se perguntando “como isso é possível?!” Simples! Pelo poder do Pro Action Replay.

Vamos lá!

Existem dois modos de se fazer isso, levando Maomé até a montanha ou trazendo a montanha até Maomé.

:-)

Pelo método mais difícil, você inicia o jogo e usa o código 00C2E9:81 Phantasy Star I Walking through walls para ir a Gothic e usar o Luveno para chegar até Motávia, de lá usar os dois códigos para NÃO ser atacado (00C20C:FF e 00C20D:FF) e seguir para a caverna Tajin e encontrar Tarzimal antes de Lutz entrar no grupo e ver o diálogo perdido.

Obs: Fora que você vai precisar de mais códigos pra ter em seus itens a chave e a lâmpada mágica.

Ou simplesmente usar um único código somente para trazer Tajima até a presença dos personagens (Arrasta a montanha até Maomé).

Se usarmos o código 00C2DB:9D e pressionarmos o botão “A” ou “B” (Fora de qualquer labirinto em primeira pessoa), Tarzimal aparecerá na tela com o seu diálogo. Entretanto, o momento em que fizermos isso (Se Lutz estiver ou não no grupo) definirá sua fala.

Se Lutz NÃO estiver no grupo: “E quem é você? Encontre meu aluno Noah na Caverna Maharu você (Obs: Está tudo junto mesmo! Maharú-você) o Conhece?”

SIM: “Eu sei de algo que eu devo contar a ele”

NÃO: “Traga ele aqui se for o caso não faz sentido prolongar a conversa”

Se chegarmos a ele com o Lutz Morto, Tarzimal dirá:

Ah, meu jovem aluno Noah você esta se preparando para enfrentar Lassic? Você acabou se matando? Venha, vamos tentar mais uma vez”

Em tese, este diálogo JAMAIS poderia ser visto, primeiro porque a caverna Tajin (Ou Tajima ou Tarzimal dependendo de como você esta/ou/foi acostumado a chamar este velho Mago Esper) esta isolada numa área alcançável somente se tivermos ou o LandRover ou o HoverCraft. Um caminho protegido por três (3) Formigas Leões (Que não tem nada de leões assim como as formigas de fogo não são realmente de fogo :-)) e outro é indo pelo mar. Em ambos os casos (Para liberarmos estes dois veículos), seria necessário chegar até Casba, só que para chegarmos a Casba é necessário construir a Nave Luveno (Porque a nave oficial para viagem interplanetária nos conduz somente até Paseo que está cercada por Mar ou mais Formigas Leões), e para podermos chegar até onde o Doutor Luveno se encontra, é imperativo o uso da passagem secreta que interliga o Porto Espacial de Camineet com Gothic, e essa passagem só é liberada quando entregamos a carta a Lutz na caverna Maharú.

Ou seja, para desencadearmos todos os eventos para chegarmos até a caverna do mestre Esper, Lutz deverá estar no grupo.

Também não é possível chegar a Dezoris porque a única nave que leva até lá é a Luveno (Os transportes oficiais NÃO permitem viajar até o pálido planeta de gelo), e mesmo se pudéssemos adquirir o Cavador de Gelo, este não poderia ser usado nas areias do Deserto Motaviano (Surge uma mensagem informando-nos da impossibilidade do uso desse item). Portanto, tanto faz como tanto fez, é impossível por meios normais chegar ao mestre sem o pupilo do mesmo estando no grupo.

Indo mais além, resolvi investigar os diálogos perdidos da versão Americana e Japonesa do jogo.

Na versão Americana:

Traduzido por Thiago “Senil”: E quem são vocês? “Encontre meu pupilo Noah na Caverna Maharu. Você o conhece?”

SIM:

Traduzido por Thiago “Senil”: Tenho algo que preciso dizer a ele. Traga-o aqui.

NÃO:

Traduzido por Thiago “Senil”: Nesse caso, não há sentido em continuar essa conversa.

Na versão Japonesa:

Traduzido por Jorge Chernicharo: Quem são vocês? O meu discípulo Lutz está na caverna Maharu. Vocês o conhecem?

SIM:

Traduzido por Jorge Chernicharo: “Eu tenho algo para dizer a ele. Poderiam trazê-lo até aqui?”

NÃO (A primeira pergunta):

Traduzido por Jorge Chernicharo: “Entendo… Então não faz sentido irem até lá.”

Versão Coreana

Isso vale mais como curiosidade. A versão Coreana de Phantasy Star I recebeu um tratamento todo especial logo quando o jogo é carregado. Observem:

E não para por aí! A tela título foi toda reconstruída também, comparem a versão Coreana com a “nossa” versão que já estamos acostumados a ver:

Além da tela título ter sofrido uma modificação radical, ainda por cima retiraram a Alis (O Paulo Aquino deve ter ficado “P” da vida com isso!). Realizei alguns testes e pelo visto, em termos gráficos, somente essas duas telas são novidades, de resto parece estar inalterado. Provavelmente exista algo diferente na tradução.

- Espere um segundo! E o que isso tem a ver com códigos e bugs?

- Na verdade nada, mas como foi uma novidade que surgiu no momento em que eu estava escrevendo esta matéria da Semana Bizarra, resolvi aproveitar a oportunidade para inserir isso aqui.

:-)

Rapidinhas

São idéias que eu (Enquanto folheava o Guia Games) e outros membros da Lista tivemos e que foram testadas:

-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*

- Excetuando-se a Floresta Eppi, podemos entrar nas demais florestas sem a Bússola?

Obs: Essa questão foi levantada por Paulo Aquino, e a resposta é SIM, excetuando-se Eppi, podemos atravessar qualquer floresta tanto de Palma quanto de Dezóris sem a necessidade da Bússola.

Aliás, se não fosse o meu amigão Paulo ter levantado essa questão, acredito que jamais teria encontrado essa curiosidade mostrada no vídeo a seguir:

http://www.youtube.com/watch?v=1OjVkjRXbQw&feature=youtu.be

Se usarmos o código de atravessar paredes e enfrentarmos uma batalha enquanto estivermos sobre as montanhas de gelo duro (Aquelas que nem o cavador de gelo consegue penetrar), os inimigos que surgirão serão os de Palma, até o cenário é o de Palma. Aliás, só o cenário de Palma pode ser visto em Dezóris apenas “pisando” nessa parte do planeta e pressionando qualquer botão para exibir as caixas do Menu.

-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*

- O que acontece se pularmos o evento em que se pega um personagem para pegar outro depois dele?

R: Os que deixamos de pegar aparecem com status de Mortos.

Por exemplo, eu começo o jogo e “pulo” o evento em que eu pego o Myau e o Odin e vou diretamente levar a carta a Lutz:

Obs: Vou usar o código 00C2DB:7E para trazer o evento de Lutz até a mim.

-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*

- O pote Laconiano é realmente necessário?

R: Para pegar a Noz Laerma sim! Para mantê-la fresquinha, Não.

- E se tivermos a Noz Laerma e nos desfazermos do pote, a Noz se estragará?

R: Para responder essa pergunta, terei um pouco mais de trabalho. Primeiramente inicio o game e vou até Nekise pegar o Pote Laconiano, depois eu uso um código para ter em meus itens a Tocha Eclipse.

Obs: Para aprender a colocar qualquer item em qualquer Slot, basta consultar a postagem do Terceiro Dia da Semana Bizarra de Phantasy Star I.

Em seguida eu uso o famosíssimo Phantasy Star I Walking through walls 00C2E9:81 para chegar até Gothic.

Obs: Aqui vale uma nova curiosidade, mesmo sem ter feito evento algum para a construção da Nave Luveno e o recurso necessário para que a mesma possa ser pilotada (Libertado Luveno, convocado o auxilio de seu ajudante, pago a taxa, encontrado Halpsby), a Nave Luveno já estará a Oeste de Gothic com Hapsby esperando para levá-lo “onde quiser”.

Vamos para Dezóris!

Chegando a Dezóris, do ponto onde descemos, seguimos a pé mesmo para Suldoeste até chegarmos a árvore de Laerma.

De frente para mesma, usamos a Tocha Eclipse para pegarmos a Noz.

Obs: Se ela não conhece Myau, como ela diz que o gato não esta com fome (Quando tentamos usar a Noz) e devolve a Noz para o Pote?

:-)

Agora vamos “Voar” para Paseo em Motávia e nos desfazermos do Pote de Lacônia.

Como pode ver, o Pote saiu do quadro de itens, mas a Noz permaneceu lá sem se estragar.

-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*

- O que acontece se formos até o Governador tendo o Lutz no grupo?

R: O Governador exibirá o diálogo como se já tivesse dado a Carta a Alis (Nesse caso, deixamos de enfrentar Succubus)

- Mas e se você “puxar” o personagem SEM acionar o evento em que ele entra pro grupo?

R: Mesmo assim o Governador exibirá o diálogo como se já tivesse dado a Carta a Alis;

- E se já tivermos uma Carta nos itens, ele dará outra?

R: Também não! A mesma resposta dada anteriormente vale para esse caso aqui.

-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*

- Se tivermos mais de um Olho do Dragão de Casba, poderemos adquirir mais de uma Tocha Eclipse mesmo se tivermos com uma tocha nos itens?

R: Sim. Mesmo já tendo uma Tocha do Eclípse nos itens, se tivermos um Olho do Dragão de Casba podemos trocá-lo por mais uma Tocha.

-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*

- E se usarmos a Tocha uma vez para descongelar a arvore de Laerma e pegarmos a Noz, e mesmo com a árvore descongelada usarmos mais uma vez a outra Tocha, o que acontece com a árvore? E mesmo assim adquirimos mais uma Noz Laerma?

R: Bem, como dizia Jack “o Estripador”, vamos por partes…

:-)

Primeiro é necessário lembrar que quando usamos a Tocha Eclípse na árvore de Laerma congelada, perdemos a Tocha, mas adquirimos a Noz contanto que o Pote Laconiano esteja em nossos itens.

Segundo, se usarmos uma segunda Tocha do Eclípse na árvore já descongelada, ela NÃO incinerará a árvore como muitos devem pensar, apenas repetirá o diálogo, mas sem nenhuma alteração na reação gráfica sobre a Arvore…

…e como resultado, ainda assim continuaremos com somente uma única noz Laerma mesmo nos desfazendo da segunda Tocha do Eclípse:

Penso que o fogo da Tocha É INCAPAZ DE MATAR UM SER VIVO VEGETAL NÃO-DEMONÍACO. Pois como mostrado no Phantasy Star IV, pode ser usado como item de combate contra qualquer inimigo. Isso abre parâmetro para muitas discussões teóricas e até mesmo filosóficas.

Códigos Mistos

Aqui é um apanhado de códigos misturados:

00C20C:FF Sem batalhas aleatórias em campos abertos;

00C20D:FF Sem batalhas aleatórias em masmorras;

00C4E0:FF Mesetas 1 (255 M$T);

00C4E1:FF Mesetas 2 (65280 M$T);

Obs: Totalizando 65535 Mesetas;

00C2D0:FF Experiência total ganho em batalha 1;

00C2D1:FF Experiência total ganho em batalha 2;

Obs: Mesma lógica dos Códigos de Mesetas;

Modificador de Sprites:

Funciona de modo semi permanente, e não se pode mover o personagem quando o código estiver ligado, e se transitarmos de tela, a aparência dos Sprites normalizarão.

00C800:00 Nada

00C800:01 Alis

00C800:03 Lutz

00C800:05 Odin

00C800:07 Myau

Controlador de Armadilhas

00C80F:3D Sem armadilhas

00C80F:40 Explosão

00C80F:43 Flecha

Obs: Esses códigos não foram totalmente testados!

Transformar-se em qualquer veículo em qualquer lugar:

Obs: Após usar o código, os personagens já ficarão acelerados (Essa é a vantagem por se usar esses códigos em cidades e mapas combinados com o código de Atravessar Paredes). Se pressionarmos um botão para exibirmos as caixas de opções (O código de Atravessar Paredes DEVE ESTAR DESLIGADO QUANDO FIZERMOS ISSO) e voltarmos, a musica estará mudada (Para a musica do veículo) e os Sprites estarão assumindo a aparência do veículo a qual acionamos por código.

Outra situação curiosa é, se um desses códigos for usado numa rua estreita de alguma cidade, não poderemos prosseguir porque os veículos são muito grandes, mas se usarmos o código para atravessar paredes, poderemos transitar por onde quisermos em alta velocidade.

00C30E:04 Transformação LandRover;

00C30E:08 Transformação HoverCraft;

00C30E:0C Transformação Cavador de Gelo;

00C30E:10 Transformação Espaçonave Vermelha;

00C30E:11 Transformação Espaçonave Luveno;


E assim concluímos mais uma Semana Bizarra esperando que tenha sido apreciada por todos os visitantes do Blog de Algol da mesma forma como eu apreciei ter escrito cada linha de cada texto.

Até outra ocasião!

17 Comments

  1. Orakio Rob
    Posted 13/04/2012 at 9:24 am | Permalink

    A fala perdida do Tajim foi minha parte favorita! Acho o máximo encontrar coisas não usadas pelos programadores nas ROMs!

    E essa de ter a noz sem o pote laconiano foi dez também, muito boa a sua sacação, Yoz! Mas pô, se você queimasse a árvore eu juro que mandava alguém aí te dar um sacode só pela heresia! ^_^

  2. Heitor Lima Verde
    Posted 13/04/2012 at 10:03 am | Permalink

    Tarzimal arrebenta! Yoz… parabéns pelo trabalho! Parabéns MESMO!

  3. Posted 13/04/2012 at 10:14 am | Permalink

    Orakio, você sabia que eu tava torcendo pra ver a árvore pegando fogo e as nozes caindo queimada no solo gélido Dezoriano?
    :-p

    Valeu Heitor! Que bom que você gostou.

  4. Filipe
    Posted 13/04/2012 at 12:09 pm | Permalink

    HUAUHAUHAUHA, muito bom, Yoz!
    Quando você me mostrou aquele diálogo japonês, eu imaginava que fosse um texto de algum hack de japoneses, e não um texto perdido presente em todas as versões! Muito legal!
    E sobre a parte do som FM no lugar do “Do you lke Sega games?” eu já sabia. :P
    Parabéns pelo trabalho! Muito bacana mesmo!

  5. Posted 13/04/2012 at 2:00 pm | Permalink

    Parabéns Yoz! Fechou com chave de ouro essa semana!

    A descoberta da fala perdida do Tarzimal é a “cereja do bolo”. hehehehe Mas as outras coisas (inclusive essa versão coreana de PSI) são igualmente divertidas!

    Que bom que pude ajudar um pouco também! hehehe Fico contente! :-)

  6. Posted 13/04/2012 at 4:33 pm | Permalink

    Pois é Filipe. Eu topei com esse diálogo quando estava catalogando os textos. Na verdade eu nem imaginava que fosse conseguir um código assim.

    Valeu Senil, desde já agradeço por sua assistência.

  7. Tallarico
    Posted 13/04/2012 at 8:22 pm | Permalink

    KRAK, fala perdida do Tarzimal foi fodastico mesmo! e ainda bem q o Paulo t fez a pergunta né? achei legal saber q só akela maldita floresta q é uma merda d andar sem bussula. então c jogar fora ela dpois no jogo nunca mais entrariamos em eppi é isso? e o lance da batalha d palma em dezoris, meu, q doidera!

  8. Posted 14/04/2012 at 9:20 am | Permalink

    Esse lance da posiçào das cidades realmente foi sensacional!

    É até razoável, os caras programam as cidades todas numa região só, e só mostram “um pedaço” de cada vez. Mt engenhoso, gostei.

    Essa fala do Tajim tbm foi um achado bem bacana. Realmente, não tem como chegar nessa fala sem trapacear… Mas pq eles escreveram essa fala? Será que no começo tinha um jeito de chegar lá antes de encontrar o Noah e durante o desenvolvimento do jogo os caras mudaram isso?
    Dá o que pensar

  9. Nidaime Cris
    Posted 14/04/2012 at 12:09 pm | Permalink

    Incrivel, o trabalho foi perfeito…
    adorei o cuidado em explicar cada detalhe e ainda por cima com bom humor!
    Parabéns e valeu!

  10. Rafael, the Esper
    Posted 14/04/2012 at 6:40 pm | Permalink

    Posso estar enganado, pois não tive tempo de checar aqui, mas esse texto do Tarzimal não é o mesmo quando o Noah morre e chegamos lá sem ele?

    Seria legal se ele entrasse no grupo para buscar o pupilo. Já viram essas sprites (não-oficiais)?

    http://www.spriters-resource.com/community/showthread.php?tid=15154

  11. Posted 15/04/2012 at 3:32 am | Permalink

    Uau! Não sabia sobre a pergunta em japonês ser sobre o acessório FM do Mark III, que máximo! Se não me engano, o Master System japonês já vinha com o FM embutido, mas o Mark III não (mas comprava à parte e instalava). Só isso valeu o seu mega (ou deveria dizer “Master”? Ok, essa foi péssima, rs) trabalho pra mim (que nada, difícil escolher, tamanho o preciosismo do Yoz, parabéns meu velho!)

  12. Posted 15/04/2012 at 10:45 am | Permalink

    >então c jogar fora ela dpois no jogo nunca mais entrariamos em eppi é isso?
    R: Se você se desfizer dela de alguma maneira. Sim! Você não conseguiria mais entrar na cidade, a não ser que você use um expresso ou um modificador de destino da magia voa.

    >e o lance da batalha d palma em dezoris, meu, q doidera!
    R: Você se lembra de algo parecido com isso que eu mencionei há muito tempo na Lista que ocorre no Phantasy Star IV? Ainda não testei isso no Phantasy Star II, mas no Phantasy Star III, se você ultrapassar os limites dos Domos, você enfrentará batalhas contra todos os tipos de inimigos. Foi mais por causa disso que eu consegui capturar os Sprites dos inimigos pra senão da Gazeta.

    > Essa fala do Tajim tbm foi um achado bem bacana. Realmente, não tem como chegar nessa fala sem trapacear… Mas pq eles escreveram essa fala?
    R: Essa é a pergunta de um bilhão de Mesetas! Na certa foi resquício de versão beta.

    > Dá o que pensar
    R: Dá mesmo!

    > Parabéns e valeu!
    R: Valeu Cris!

    > Posso estar enganado, pois não tive tempo de checar aqui, mas esse texto do Tarzimal não é o mesmo quando o Noah morre e chegamos lá sem ele?
    R: Bem, eu chequei aqui quando estava escrevendo justamente esse capítulo da Semana. Quando chegamos ao Tarzimal SEM o Lutz, ele diz o seguinte…: “Ah, meu jovem aluno Noah você esta se preparando para enfrentar Lassic? Você acabou se matando? Venha, vamos tentar mais uma vez”
    Eu até sito isso nessa postagem.

    > Seria legal se ele entrasse no grupo para buscar o pupilo. Já viram essas sprites (não-oficiais)?
    R: Eu tinha visto isso. Muito bacana né não?! E esses quadros podem até ser usados por algum Hack que queria reprogramar o game.

    >Não sabia sobre a pergunta em japonês ser sobre o acessório FM do Mark III, que máximo!
    R: Essa sempre foi uma curiosidade minha! E fiquei muito admirado com isso também.

    > Se não me engano, o Master System japonês já vinha com o FM embutido, mas o Mark III não
    R: Isso mesmo.

    > que nada, difícil escolher, tamanho o preciosismo do Yoz, parabéns meu velho!
    R: Valeu! Muito obrigado mesmo!

  13. Alan
    Posted 15/04/2012 at 6:15 pm | Permalink

    Parabéns, Yoz, desde aquela época sempre cogitei se era possível iniciar o jogo com todo o grupo, ou com os principais itens, ou ainda, com o HP/MP máximo. Agora eu posso realizar meu sonho de infância… :)

  14. Posted 17/04/2012 at 5:45 pm | Permalink

    Valeu Alan! Que bom que os códigos irão ajudar nesse sonho.
    :-)

  15. Posted 18/04/2012 at 7:47 am | Permalink

    Yoz, já soube pelo Orakio que finalmente riparam o conteúdo do PSG:1 e que brevemente possam vir a ripar do PSG:2. Isso para mim são ótimas noticias.
    Mas o que queria mesmo perguntar era quando terás o conteúdo todo disponível para DDL? quero muito ver como está tudo…

  16. Posted 22/07/2013 at 9:08 am | Permalink

    Postagem nível épico, quanta curiosidade doida aí mano, belo trampo, valeu!

  17. g_b
    Posted 05/02/2014 at 8:59 pm | Permalink

    Sensacional Yoz, não tinha comentado mas está aqui os meus parabéns :D

Post a Comment

Your email is never published nor shared. Required fields are marked *
*
*

Mande um email para mim quando alguém postar comentários. Também dá para assinar o tópico sem postar comentários.